quinta-feira, fevereiro 22, 2024
spot_img

Tinder divulga retrospectiva com as principais tendências de 2023

Tinder divulga retrospectiva de 2023
Reprodução/Divulgação

Tinder divulga retrospectiva de 2023


O “Year in Swipe” do Tinder compartilhou o contexto dos relacionamentos em 2023, incluindo as tendências, termos e músicas que os solteios se dirvetiram nos encontros neste ano. No geral, as pessoas ficaram menos preocupadas com o rumo de seus relacionamentos e mais interessadas em criar oportunidades para novas experiências.

O ano foi marcado por temas gerais de positividade, otimismo e foco na melhoria pessoal por meio da criação de conexões com os outros. Além disso, os hinos da cultura pop mais escutados foram de estrelas como Taylor Swift, Miley e Rihanna.

Os solteiros abandonaram a pressão de correr para um “felizes para sempre” em 2023, a fim de conhecer alguém para novas experiências que fortalecessem suas próprias histórias pessoais, deixando um espaço maior para a autodescoberta e deixar de lado a busca por uma relação.

As principais tendências de relacionamentos do ano foram : “Conexões Sem Expectativas” (C.S.E), que se refere aos solteiros que estão menos preocpados com um relacionamento e sim em novas experiências com alguém e “Ficando pelo Enredo”, em que os solteiros aproveitaram mais a jornada para ter uma história a ser contada do que a busca por metas em um relacionamento.

“É incrível ver que 69% dos solteiros da Geração Z, segundo dados do Tinder, querem desafiar as normas tradicionais de se relacionar. Este ano, em especial, marcou uma grande mudança, onde a jornada importa mais do que o seu final. Essa nova geração de solteiros está nos mostrando o que significa se relacionar em busca de possibilidades, fugindo das expectativas tradicionais e construindo suas próprias histórias”, diz Melissa Hobley, CMO do Tinder.

Confira as principais tendências de relacionamento de 2023 no Tinder:

1. SEMPRE 🔛 É O EMOJI DO ANO NO TINDER

O emoji 🔛 foi o emoji mais popular globalmente no Tinder este ano. Os solteiros usaram o emoji para informar aos possíveis matches que estavam dispostos a experimentar coisas novas interessantes ou até mesmo prontos para explorar um novo relacionamento. Eles adicionaram o 🔛 às bios para sinalizar abertura e otimismo. Exemplos de bios incluem “Eu trago energia positiva e tento aproveitar o melhor de cada situação 🔛”.

2. O RELACIONAMENTO “C.S.E” FOI A ABORDAGEM DIPLOMÁTICA

Os jovens solteiros estão focando na conexão e adotando a abordagem “Conexões Sem Expectativas” (C.S.E). 27% dos usuários de 18 a 25 anos escolheram a opção “curto explorar”, e 22% escolheram “ainda não sei” quando questionados sobre o quê estão procurando no aplicativo. Assim, adotar uma abordagem mais flexível permitiu que conhecessem novas pessoas sem se fechar para todas as possibilidades que podem surgir.

3. OS PERSONAGENS PRINCIPAIS VIVERAM PELO ENREDO

O Tinder registrou uma mudança em direção a uma abordagem mais mente aberta para os relacionamentos em 2023. Os solteiros abraçaram completamente a energia de personagens principais e estão agora envolvidos no “enredo” em vez do “fim”, que curtem mais contar histórias boas. Se aventurar pelo “enredo” está em alta no Tinder globalmente, com um aumento de 5,5 vezes no uso do termo em bios como “Tudo o que faço é pelo enredo, vamos criar algumas lembranças.”

4. OS SOLTEIROS RESSIGNIFICARAM O DELULU

O termo delulu se refere a se relacionar não significa ser iludido, mas você sabe que está sendo iludido. Este ano, os solteiros estavam dispostos a se arriscar e manter o otimismo em torno dos possíveis matches. Mas, enquanto mergulhar no “delulu”, do namoro pode ser divertido de maneira sonhadora, os solteiros ainda tinham autoconsciência suficiente para identificar red flags, tanto em si mesmos quanto no soutros. Na verdade, menções ao termo “Delulu” começaram a ganhar popularidade nas bios do Tinder em fevereiro de 2023 e atingiram o pico em setembro de 2023, crescendo 58 vezes, com exemplos de bios como “Se você é delulu, sou sua solulu”, “Alto, moreno e delulu”, “Transforme meu delulu em realulu”.

5. O TEMPO FOI A MOEDA MAIS VALIOSA

Os encontros em 2023 se resumiram a estar consciente, se organizar e levar a “ficada” a um nível mais avançado. Na verdade, 51% dos jovens solteiros entrevistados disseram estar abertos a novas maneiras de encaixar encontros em suas rotinas. Os solteiros não estavam aqui para perder tempo neste ano. Em uma pesquisa recente, mais de 50% dos jovens solteiros que utilizam a função Linguagem do Amor do Tinder afirmam preferir ‘tempo de qualidade’ em relação aos outros estilos de amor.

6. O PODER FEMININO FOI UM SUPERPODER

A energia feminina explodiu ao redor do mundo em 2023 e inevitavelmente encontrou seu caminho no Tinder. Taylor Swift foi coroada a principal artista do Spotify no Tinder, a música “Flowers”, sucesso de Miley, foi o 4º hino mais popular adicionado aos perfis, e os fãs de Rihanna a apoiaram com um aumento de 52% em suas músicas sendo adicionadas aos perfis após sua apresentação no Super Bowl. Ao compartilhar seu espírito festivo, os usuários recorreram a ninguém menos que Mariah Carey, cuja música “All I Want For Christmas” vê um aumento médio de 365% nos perfis a cada temporada de festas de fim de ano.

Fonte: Mulher

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Dia do rotaractiano recebe apoio em audiência da CE

A Comissão de Educação e Cultura (CE) realizou audiência pública nesta quinta-feira (22) para debater o dia 13 de março como o marco nacional...

Governador cumpre agenda em Colíder e Alta Floresta nesta sexta-feira (23)

O governador Mauro Mendes estará em Colíder e Alta Floresta nesta sexta-feira (23.02). A agenda tem início às 9h30, em Colíder, com uma...

Após reunião de líderes, relator confirma votação do Código Eleitoral até junho

O Senado deve votar no primeiro semestre deste ano o projeto de lei complementar (PLP) 112/2021, que institui o novo Código Eleitoral. A anúncio...

Debatedores defendem PEC para ampliar força dos projetos de iniciativa popular

Em audiência pública nesta quinta-feira (22) na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), debatedores apoiaram a ampliação da força dos projetos de...