quinta-feira, fevereiro 22, 2024
spot_img

Projeto Autismo na Escola transforma desafios em conquistas com apoio da primeira-dama de MT

O projeto “Autismo na Escola”, idealizado pela psicóloga Érica Rezende Barbieri, ganha destaque ao promover a inclusão e conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) nas escolas de Mato Grosso. A iniciativa conta com apoio do Governo de Mato Grosso e tem a primeira-dama Virginia Mendes como madrinha, desde 2019.

Em entrevista ao programa Autis Pod, em São Paulo, Érica compartilhou que o projeto nasceu da necessidade de informar e combater estigmas associados ao autismo.

“Enquanto mãe, chorei muito, mas teve um dia que eu tomei atitude, sentei em frente ao computador, e digitei o projeto com a finalidade de informar as pessoas. Elas precisavam entender o que é autismo, que não é nenhuma doença contagiosa. O autismo é um jeito diferente de ser, então me dediquei a fazer um trabalho de psicoeducação”, contou.


O projeto iniciou suas atividades de conscientização em 2017, nas escolas de Rondonópolis, utilizando a cartilha do Ziraldo “Autismo a Realidade”. Em 2019, o Governo de Mato Grosso passou a apoiar a iniciativa por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), à pedido da primeira-dama Virginia Mendes.

“Nós agradecemos muito à nossa madrinha, a primeira-dama, que é uma pessoa extremamente preocupada com as causas sociais. Ela nos ouviu em um momento que precisávamos muito, prestou atenção na situação do meu filho Enã, começou a chorar e disse: ‘Nós vamos implantar o projeto ‘Autismo na Escola’ em todas as escolas do Estado’. Hoje isso é uma realidade”, afirmou a psicóloga.

Pela Seduc, o projeto distribui cartilhas que têm como objetivo promover a inclusão das crianças e jovens diagnosticados com TEA. Além disso, toda a comunidade escolar também recebe capacitação sobre o transtorno.


A primeira-dama Virginia Mendes reforçou o compromisso do Governo, ressaltando que “as ações em prol da causa mostram que não existe dificuldade, mas sim a necessidade de empatia para com o próximo”.

“Sou grata por fazer parte do projeto ‘Autismo na Escola’, e, de coração, agradeço o Governo de Mato Grosso, por meio da Seduc e o secretário Alan Porto, pela mobilização e por essa oportunidade de conscientizar nossos estudantes e profissionais da Educação”, acrescentou.

O “Autismo na Escola” se torna uma inspiradora realidade, transformando lágrimas em conquistas e promovendo uma educação inclusiva e informada sobre o espectro autista em Mato Grosso.

Fonte: Governo MT – MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Dia do rotaractiano recebe apoio em audiência da CE

A Comissão de Educação e Cultura (CE) realizou audiência pública nesta quinta-feira (22) para debater o dia 13 de março como o marco nacional...

Governador cumpre agenda em Colíder e Alta Floresta nesta sexta-feira (23)

O governador Mauro Mendes estará em Colíder e Alta Floresta nesta sexta-feira (23.02). A agenda tem início às 9h30, em Colíder, com uma...

Após reunião de líderes, relator confirma votação do Código Eleitoral até junho

O Senado deve votar no primeiro semestre deste ano o projeto de lei complementar (PLP) 112/2021, que institui o novo Código Eleitoral. A anúncio...

Debatedores defendem PEC para ampliar força dos projetos de iniciativa popular

Em audiência pública nesta quinta-feira (22) na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), debatedores apoiaram a ampliação da força dos projetos de...