segunda-feira, julho 15, 2024
spot_img

Morte de Moïse: CDH debateu racismo, xenofobia e violência


O assassinato do jovem refugiado congolês Moïse Kabagambe levantou debate n Comissão de Direitos Humanos (CDH) nesta terça (8) sobre aumento do racismo no país. Ele vivia no Brasil desde os 11 anos de idade e foi morto no tdia 24 de janeiro, após cobrar o pagamento de serviço que prestava em quiosque na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Após tragédia no Shopping Popular, presidente Lula garante ajuda para reconstrução da vida de 600 famílias

Mediante a tragédia que transformou em cinzas os sonhos de mais de 600 famílias, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, garantiu...

FICCO/MG e FICCO/MS prendem homem foragido por estelionato e ameaça

Uberlândia/MG. A FICCO/MG e FICCO/MS prenderam nesta segunda-feira, 15/7, na cidade de Campo Grande/MS, um homem foragido da Justiça por estelionato e ameaça. Investigações, troca...

Pacheco recebe presidente da Itália em visita oficial

O presidente da Itália, Sergio Mattarella, foi recebido nesta segunda-feira (15), pelo presidente do Senado e do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco. Os dois conversaram...

Uso do vale-cultura para atividades esportivas está na pauta do Plenário

O vale-cultura poderá ser utilizado para eventos esportivos, além das atividades culturais. É o que prevê o PL 5.979/2019, da Câmara dos Deputados e...