domingo, maio 19, 2024
spot_img

Governo de MT entrega 240 mil cestas básicas em 2022


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), vai investir até o final do ano R$ 20 milhões para compra de 240 mil cestas básicas acompanhadas de kit de higiene e limpeza do programa Ser Família Solidário. A iniciativa, idealizada pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, já beneficiou, desde 2020, famílias carentes de todo o Estado com a entrega de R$ 1,2 milhão de cestas, totalizando R$ 102 milhões em investimentos.

A preocupação do Governo é garantir a segurança alimentar das famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e que foram diretamente afetas pela crise provocada pela pandemia do Covid-19. Milhares de famílias sofreram com a falta de renda. O repasse dessas cestas ajudou a colocar alimento na mesa dessas pessoas.

As cestas básicas entregues contêm arroz, feijão, macarrão, óleo, sal, açúcar, café, farinha de trigo, sardinha, extrato de tomate, além de materiais de limpeza e de higiene pessoal. Todas as famílias beneficiadas fazem parte do Cadastro Único e foram cadastradas pela Setasc.

Em 2021, foram adquiridas 534 mil cestas, com recursos de R$ 45 milhões, que foram repassadas às famílias carentes de todo o Estado. Além disso, o Governo entregou cerca de 100 mil cestas especiais de Natal, contendo os alimentos básicos, doces, guloseimas e panetone para famílias carentes.

Já em 2020, foram entregues 330 mil kits de alimentos, com investimento de R$ 24 milhões. Desse total, 130 mil foram entregues diretamente para entidades sociais e filantrópicas de Cuiabá e 23 mil kits para comunidades indígenas.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, acrescenta que o governador Mauro Mendes, a partir do programa Mais MT, direcionou R$ 42 milhões em recursos para a permanência do programa. “Com o apoio da nossa primeira-dama, conseguimos beneficiar muitas famílias carentes e seguiremos com foco na segurança alimentar”.

Atualmente, há mais de 151 mil famílias em Mato Grosso inclusas no Cadastro Único que vivem na extrema pobreza, com renda de até R$ 100 per capita. “O próximo passo, além de garantir alimento na mesa dessas famílias, é iniciar a qualificação para que consigam um emprego que lhes possibilitem se manter sozinhas”, frisou Rosamaria.

Fonte: GOV MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Feijão cozido com maça de peito

Ingredientes 500 g de maça de peito, 2 copos de feijão vermelho, 4 copos de água ou ate cobrir a panela de pressão, 2 colheres de sopa de...

Arroz doce com casca de limão

Ingredientes 3 copos de arroz água suficiente para cobrir o arroz cascas em tiras de um limão 3 lascas de canela 1 litro e meio de leite  açúcar a gosto Modo...

Fabiana Justus leva família às lágrimas com surpresa em aniversário da irmã:’Vicky”

Fabiana Justus apareceu de surpresa na festança de aniversário da irmã caçula, Vicky, levando a madrasta, Ana Paula Siebert, e a irmã, Rafa, às lágrimas. A filha...

Pavê de Biscoito de Maizena

Ingredientes 4 pacotes de biscoito maizena tradicional ou sabor chocolate 2 latas de leite condensado 1 1/2 colher de sopa de maisena 1 lata de creme de leite 1...