domingo, maio 19, 2024
spot_img

Fenae vai ao TST para validar chamada em concurso da Caixa de 2014


source
Sede da Caixa Econômica Federal
Divulgação

Sede da Caixa Econômica Federal

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) entrou com recurso junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) para manter a validade de um concurso público realizado pela estatal em 2014. Na época, o certame previa a criação de seis mil vagas de emprego.

No processo, a Caixa argumenta o fim o prazo constitucional para convocar aprovados no concurso para não realizar o chamamento. A federação contesta e afirma a necessidade de aumento no quadro de funcionários do banco.

Dados do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Diesse) apontam que a Caixa tem o menor número de funcionários por cliente atendido. Segundo a Diesse, o banco possui 1775 trabalhadores para cada cliente, enquanto os principais concorrentes possuem, em média, 1,1 mil funcionários.

“Nossa atuação por mais contratações é imediata para garantirmos condições dignas de trabalho aos empregados. A direção do banco continua cobrando metas abusivas e jornadas exaustivas”, afirma Sérgio Takemoto, presidente da Fenae.

“Os atuais trabalhadores estão doentes e isso afeta diretamente o atendimento à população que mais precisa da Caixa pública.  Os empregados têm sido fundamentais na pandemia, colocando a própria saúde em risco, se dedicando, cumprindo o papel social do banco”, completa.

Atualmente, a Caixa conta com 84,7 mil empregados e outras 87 mil vagas foram autorizadas para abertura pelo Ministério da Economia.

A presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), Juvandia Moreira, classifica a falta de convocação de concursados aprovados um absurdo. Ela ressalta a alta demanda registrada pelo banco nos últimos meses.

Leia Também

“É um absurdo a Caixa não convocar aprovados de 2014 faltando tantos empregados nas agências. Esse governo quer abrir novo concurso público sem necessidade, em ano eleitoral”.

Confira o histórico do processo

2016

  • 25/01 — Procurador Carlos Eduardo Brisolla, do MPT no Distrito Federal e Tocantins, ajuíza Ação Civil Pública com pedido de liminar contra a Caixa, no que diz respeito à falta de contratações. Na ACP, que tem como assistentes a Fenae e a Contraf, o procurador requer a prorrogação indefinida dos prazos de validade do concurso público realizado em 2014 até o trânsito em julgado da ação, além da proibição de que novos certames sejam realizados com a figura exclusiva de cadastro de reserva ou com número irrisório de vagas.
  • 01/02 — Juíza Roberta de Melo Carvalho, da 6ª Vara do Trabalho de Brasília, determina a suspensão do prazo de validade do concurso público feito pela Caixa em 2014. Na decisão liminar, a magistrada também determinou que o banco priorize os atuais aprovados, caso realize novo certame, e proibiu concursos apenas para cadastro de reserva ou com número irrisório de vagas.
  • 06/10 — Juíza Natalia Queiroz Cabral Rodrigues, da 6ª Vara do Trabalho de Brasília, julga procedente a ACP impetrada pelo MPT da 10ª Região. Para ela, são procedentes os pedidos para: postergar a validade do concurso público até o trânsito em julgado da decisão; condenar a Caixa a apresentar, no prazo de seis meses, um estudo de dimensionamento do quadro de pessoal, com indicativo das reais necessidades de contratações; e, em seguida, promover a convocação.
  • 27/12 — Caixa fica proibida de realizar novos concursos públicos com a figura exclusiva do cadastro de reserva para todos os cargos.

2017

  • 06/02 — Juíza Natália Queiroz Rodrigues, da 6ª Vara do Trabalho de Brasília, rejeita os embargos de declaração da Caixa e mantem a sentença do dia 6 de outubro de 2016.

2020

  • 05/03 — STF decide que compete à Justiça Comum (federal ou estadual) processar e julgar as demandas ajuizadas por candidatos e empregados públicos na fase pré-contratual, relativas a critérios para a seleção e a admissão de pessoal nos quadros de empresas públicas. A matéria foi discutida no Recurso Extraordinário (RE) 960429, com repercussão geral reconhecida, e a solução será aplicada em mais de 1,5 mil casos semelhantes sobrestados em outras instâncias; dentre eles, as ações individuais e coletivas que tratam do concurso de 2014 da Caixa.
  • 02/07 — Fenae e a Contraf-CUT protocolam embargos de declaração contra RE nº 960429.
  • 01/12 — Fenae solicita reunião com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, relator do processo que afeta os concursados, para a entrega de documentos antes do julgamento dos embargos de declaração protocolados pela Fenae e a Contraf sobre a decisão do STF de que é competência da Justiça Comum as disputas judiciais depois de concurso público e em fase pré-contratual.
  • 18/12 — Fenae e Contraf/CUT obtêm vitória no STF para ação dos concursados de 2014. Supremo decide manter na Justiça do Trabalho as ações favoráveis que foram proferidas até 6 de junho de 2018. Foi o caso da ACP do Ministério Público do Trabalho (processo 59-10.2016.5.10.0006).

2021

  • 07/04 — Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (Distrito Federal e Tocantins) mantém todas as contratações que foram feitas durante a vigência das liminares. Tribunal também prorroga a validade do concurso de 2014 até o trânsito em julgado da ação. Caso a Caixa realize um novo concurso, deve privilegiar os concursados de 2014.
  • 14/05 — Fenae e Contraf ingressam com embargos declaratórios na ACP que trata da contratação dos aprovados no concurso da Caixa de 2014 e tem as duas entidades como assistentes. Com a medida, a ACP não transitou em julgado, o que abre possibilidade para novas contratações.

2022

  • Janeiro – Desembargador Mário Macedo Fernandes Caron, da 2ª turma do TRT 10, publica acordão que manteve contrato dos trabalhadores que foram contratados pela Caixa por meio do concurso de 2014.
  • 02/02 — Fenae e a Contraf ajuizam “recurso de revista” na Ação Civil Pública/MPT, mantendo a validade do concurso e possibilitando à Caixa contratar mais trabalhadores aprovados no referido certame.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Feijão cozido com maça de peito

Ingredientes 500 g de maça de peito, 2 copos de feijão vermelho, 4 copos de água ou ate cobrir a panela de pressão, 2 colheres de sopa de...

Arroz doce com casca de limão

Ingredientes 3 copos de arroz água suficiente para cobrir o arroz cascas em tiras de um limão 3 lascas de canela 1 litro e meio de leite  açúcar a gosto Modo...

Fabiana Justus leva família às lágrimas com surpresa em aniversário da irmã:’Vicky”

Fabiana Justus apareceu de surpresa na festança de aniversário da irmã caçula, Vicky, levando a madrasta, Ana Paula Siebert, e a irmã, Rafa, às lágrimas. A filha...

Pavê de Biscoito de Maizena

Ingredientes 4 pacotes de biscoito maizena tradicional ou sabor chocolate 2 latas de leite condensado 1 1/2 colher de sopa de maisena 1 lata de creme de leite 1...