domingo, maio 19, 2024
spot_img

Especialistas explicam como deduzir teste de Covid do Imposto de Renda


source
Teste de Covid-19
Mufid Majnun / Unsplash

Teste de Covid-19

Desde o início deste ano a procura por testes para Covid-19 cresceu exponencialmente após a escalada de casos provocados pela variante ômicron. Como nem sempre é fácil realizar o procedimento de forma gratuita, muitos brasileiros recorreram aos laboratórios particulares para saber se estão ou não com coronavírus. O que muitos não sabem é que dá para deduzir os valores gastos do Imposto de Renda.

O especialista em planejamento financeiro, Marlon Glaciano, explica que a dedução dos testes de Covid realizados em laboratórios e hospitais particulares ou através dos planos de saúde podem ser deduzidos, pois todo e qualquer exame feito de maneira particular obedece a regra que garante esse desconto. “Por lei só não podemos deduzir despesas médicas de farmácias”.

Glaciano frisa que para fazer a dedução de testes de Covid-19 é preciso optar pela declaração completa. “Fique atento a isso, pois mesmo que você faça o exame, se você não fizer a declaração completa, não haverá a dedução”, alerta.

O planejador financeiro também destaca uma peculiaridade da deduzação de remédios. “Com relação aos medicamentos, temos que observar o seguinte item: você pode deduzir o gasto com remédios que estiverem incluídos na conta paga do hospital. Agora, se você comprou os remédios na farmácia, mesmo com receita, vale a mesma regra anterior: você não pode deduzir. Tenha atenção nesse ponto para não ter problemas com a Receita”.

Organização e antecedência são fundamentais na hora de declarar IR

Por fim, o assessor contábil Cláudio Lasso lembra que é fundamental guardar todos os recibos do contribuinte e dos seus dependentes para não se atrapalhar na hora de fazer a declaração. “A dedução do teste de Covid só será válida mediante a apresentação da nota fiscal ou informe de rendimento do plano de saúde. Por isso, o contribuinte deve organizar ao longo do ano todos os gastos médicos, odontológicos, entre outros. Vale lembrar que os gastos dos dependentes também devem ser arquivados e lançados”, avisa.

Lasso ainda alerta para o fato de que se a declaração não for entregue, isso pode acarretar no bloqueio do CPF e também em multa. “E se o contribuinte obtiver receitas, será ainda fiscalizado pela malha fina”, complementa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Feijão cozido com maça de peito

Ingredientes 500 g de maça de peito, 2 copos de feijão vermelho, 4 copos de água ou ate cobrir a panela de pressão, 2 colheres de sopa de...

Arroz doce com casca de limão

Ingredientes 3 copos de arroz água suficiente para cobrir o arroz cascas em tiras de um limão 3 lascas de canela 1 litro e meio de leite  açúcar a gosto Modo...

Fabiana Justus leva família às lágrimas com surpresa em aniversário da irmã:’Vicky”

Fabiana Justus apareceu de surpresa na festança de aniversário da irmã caçula, Vicky, levando a madrasta, Ana Paula Siebert, e a irmã, Rafa, às lágrimas. A filha...

Pavê de Biscoito de Maizena

Ingredientes 4 pacotes de biscoito maizena tradicional ou sabor chocolate 2 latas de leite condensado 1 1/2 colher de sopa de maisena 1 lata de creme de leite 1...