domingo, maio 19, 2024
spot_img

Bolsonaro fala sobre cartão corporativo e acusa TV Globo de corrupção


source
O café frio da urubuzada bolsonarista
O Antagonista

O café frio da urubuzada bolsonarista

Ao desembarcar rumo ao Peru para uma reunião com o representante do país, Pedro Castillo, Jair Bolsonaro fez uma série de declarações aos repórteres que o aguardavam. O mandatário falou sobre o cartão corporativo, sua viagem ao país vizinho e criticou a Rede Globo.

Cartão corporativo e Rede Globo

Sobre o cartão corporativo, o mandatário se defendeu das acusações sobre os gastos exorbitantes que foram relatados numa matéria do Jornal O Globo.

Bolsonaro ainda criticou a TV Globo, citando uma matéria recente sobre o uso do cartão corporativo. “A TV Globo falou que eu e meus filhos gastamos horrores no cartão corporativo. (…) O meu gasto, que eu estou aqui hoje, tem peso no cartão corporativo. Minha viagem ao Suriname, tem despesas. E eu viajo, né? Diferente de outras pessoas, que não viajavam porque não tinham nada para fazer”, disse.

Ele ainda acusou a família Marinho, dona da emissora, de corrupção. “A família Marinho foi discutir sobre corrupção, que o Tacla Duran em delação premiada falou que entregava para a Família Marinho lá no no estacionamento no Rio de Janeiro, do Jardim Botânico, uma coisa fantástica… Foi mais de um bilhão de vários anos para a família Marinho, isso é corrupção. Foi para ajudar o PT, para fazer propaganda do governo na época”, disse o mandatário.

Viagem ao Peru

Segundo o Presidente, o encontro terá como debate principal os acordos bilaterais entre os países, com enfoque numa saída para o pacífico. Os acordos políticos, por sua vez, não são pautas esperadas. “Política cada um cuida do seu pedaço”, disse o mandatário.

Leia Também

Quando Castillo foi eleito, em junho de 2021, Bolsonaro lamentou o fato do político esquerdista ter assumido as rédeas do país latino-americano: “perdemos o Peru”, disse.

Hoje, porém, o discurso mudou: “queremos uma América do Sul livre, liberdade de expressão, liberdade de imprensa… Esse encontro aqui tem a ver com isso: nós podemos ter uma boa relação e a democracia integrar, de fato, a relação entre os países.”

Depois de dizer que o Brasil mantém um bom relacionamento com a maioria dos países da América Latina, Bolsonaro faz declarações sobre a Venezuela. “Hoje em dia, chegamos a bater 800 por dia saindo da Venezuela (…) Lá não tem nem cão nem gato mais para comer, comeram tudo.”

Citando novamente a suposta “perseguição” por parte da mídia, Bolsonaro diz que não tem planos de limitar a liberdade dos veículos de imprensa. “Da  minha parte, vocês jamais irão me ver falar de “vou mandar para o congresso uma proposta para regular ou democratizar a mídia”. Jamais.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ele falhou na cama? Especialistas dizem se pode ser falta de interesse

FreePik Perda de ereção? Especialistas dizem se ele pode estar desinteressado Vocês estão dando uns amassos, o clima começa a esquentar e...

Destino dos Famosos: cenários de filmes e ruas fotogênicas de Londres

Reprodução/Instagram Destino dos Famosos: cenários de filmes e ruas fotogênicas de Londres Londres é um dos cartões postais mais famosos da Europa...

Feijão cozido com maça de peito

Ingredientes 500 g de maça de peito, 2 copos de feijão vermelho, 4 copos de água ou ate cobrir a panela de pressão, 2 colheres de sopa de...

Arroz doce com casca de limão

Ingredientes 3 copos de arroz água suficiente para cobrir o arroz cascas em tiras de um limão 3 lascas de canela 1 litro e meio de leite  açúcar a gosto Modo...