domingo, maio 19, 2024
spot_img

Android quase ganhou essa tela de bloqueio incrível e mais inteligente


source
Imagem de como seria a tela do Android
Reprodução

Imagem de como seria a tela do Android

Seu smartphone é um aparelho com dezenas de utilidades, mas nem sempre encontrar o que você quer é uma tarefa fácil. Muitos apps instalados e pilhas de notificações são algumas das distrações mais comuns. O Google tinha planos para o Android tentar adivinhar o que você precisa e colocar diretamente na tela de bloqueio, mas a invenção acabou deixada de lado.

O recurso colocaria atalhos para ferramentas relevantes na tela de bloqueio e no always-on display. Entre as possibilidades, estavam recomendações do que ouvir, informações de trânsito e transporte público, listas de compras e muito mais.

Tudo isso seria exibido levando em conta o contexto do usuário. Ao conectar fones de ouvido, a tela mostraria playlists e podcasts do Spotify, por exemplo, ou contatos para você ligar.

Entrando em uma estação de trem ou metrô, o Google Maps poderia dar uma estimativa do tempo de chegada ao destino.

O recurso também poderia exibir o aplicativo do mercado, a lista de compras e o Google Pay ao entrar na loja.

Se isso parece familiar para você, é porque o Google tem o widget At A Glance no Pixel Launcher. Ele tem uma finalidade parecida, ainda que mais limitada.

Leia Também

Os detalhes sobre o recurso foram obtidos pelo site especializado Android Authority. O projeto foi feito ainda durante o desenvolvimento do Android 11 e tinha o codinome Smartspace.

Segundo a publicação, o Google chegou a pensar em compartilhar a ferramenta com as fabricantes para que ela pudesse ser integrada às skins de Android. Mesmo assim, a empresa abandonou o projeto. Por quê?

Integrações e privacidade podem ser alguns motivos

Não existem informações claras de por que o Smartspace não seguiu adiante. No entanto, dá para especular alguns motivos.

Um deles é que o recurso precisaria de muitas integrações com apps de terceiros, como Spotify, Netflix, apps de supermercado e outros. Isso poderia ser um grande obstáculo, já que outras empresas poderiam simplesmente não aderir — vide os desentendimentos entre a Netflix e a Google TV.

Outras questões são a privacidade e a segurança. Por mais que as ações ainda precisassem de alguma forma de autenticação, o recurso poderia colocar informações sensíveis na tela de bloqueio ou no always-on display, como contatos, fotos e endereços.

Há ainda mais críticas possíveis ao produto. Algumas são práticas: quem garante que algumas das ações não seriam ativadas por toques acidentais no bolso?

Outras dizem mais respeito à nossa relação com smartphones: imagine ter que lidar com um monte de sugestões incorretas a cada vez que você precisa pegar o aparelho para fazer alguma coisa específica.

Seja como for, é interessante imaginar que poderia ser possível só tirar o smartphone do bolso e já encontrar o que você quer. Quem sabe em uma próxima versão do Android?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Parceria entre Governo de MT e Prefeitura de Juína produz 35 mil mudas de cacau para agricultores familiares

A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) mantém uma parceria com a Prefeitura Municipal de Juína por meio do Programa MT Produtivo Cacau,...

Bacalhau de Páscoa

Ingredientes 1 kg de bacalhau dessalgado 700 g de batatas cozidas e passadas no espremedor 1 lata de creme de leite 2 cebolas grandes cortadas em rodelas 1 pote...

Ele falhou na cama? Especialistas dizem se pode ser falta de interesse

FreePik Perda de ereção? Especialistas dizem se ele pode estar desinteressado Vocês estão dando uns amassos, o clima começa a esquentar e...

Destino dos Famosos: cenários de filmes e ruas fotogênicas de Londres

Reprodução/Instagram Destino dos Famosos: cenários de filmes e ruas fotogênicas de Londres Londres é um dos cartões postais mais famosos da Europa...